Saiba como substituir cauções em processos judiciais


O Seguro Garantia Judicial tem a finalidade de garantir os débitos judiciais, substituindo os depósitos em dinheiro, fianças ou penhora de bens, durante um trâmite processual.


Para as empresas que possuem valores imobilizados em ações judiciais, seja no âmbito cível, fiscal ou trabalhista, o Seguro Garantia Judicial é um bom aliado.

Muito embora seja um ramo de seguro relativamente novo no mercado, tem excelente aceitação no judiciário. Seja no início do processo judicial, ou durante seu transcurso, mesmo com garantias já constituídas, o Seguro Garantia pode ser apresentado em substituição destas.

Além disso, ao escolher o Seguro Garantia Judicial você não imobiliza os recursos da sua empresa, no momento de garantir uma ação judicial ou, ainda, para apresentação de recursos. Por isso, ele protege seus negócios, mantendo a saúde financeira da sua organização, sem imobilizar o capital de giro, nem o seu crédito bancário.

Ao optar pelo Seguro Garantia Judicial, agora sua empresa poderá dispor tranquilamente dos valores que seriam imobilizados em um processo judicial.


De quebra, ao mesmo tempo que o Seguro Garantia Judicial preserva o patrimônio da empresa durante as etapas de uma ação judicial, também garante o pagamento da indenização que, eventualmente, a empresa terá de pagar no final processo.


Vale esclarecer um ponto importante: a obrigação da empresa decorrente do processo judicial garantido não é transferida à Seguradora, por conta da existência do Seguro Garantia no processo.


Isso porque, a Seguradora assume apenas a responsabilidade de indenizar o inadimplemento da obrigação de pagar do Tomador, nos termos e limites descritos na apólice.


A quem esse tipo de seguro se destina?


O seguro garantia judicial é destinado para todas as empresas que precisam fazer algum depósito em processo judicial.


Benefícios para sua empresa, ao utilizar o seguro garantia judicial


  • Melhor custo-benefício quando comparado a outras formas de garantia;

  • Não compromete o limite de crédito do Tomador junto aos bancos;

  • Tem ampla aceitação pelo Judiciário;

  • Evita que o patrimônio da sua empresa seja imobilizado no processo judicial;

  • Não compromete o capital de giro da empresa.

Entre em contato conosco, fale com nosso time de especialistas e saiba mais como ter este importante benefício a seu alcance e aumente a competitividade e rentabilidade de sua empresa!



Francisco Gomes


CEO | Fairfield BR